segunda-feira, 11 de junho de 2018

Bom dia

Trago dentro do meu coração, como num cofre que se não pode fechar de cheio, todos os lugares onde estive, todos os portos a que cheguei, todas as paisagens que vi através de janelas ou vigias, ou de tombadilhos, sonhando, e tudo isto que é tanto, é pouco para o que eu quero (Fernando Pessoa)

Um comentário:

Rejane Tazza disse...

Poesia linda e o coração maravilhoso! Ótima semana! bjs, chica