segunda-feira, 25 de abril de 2011

Vamos falar de paixão

Tenho pelo crochê um caso de amor mal resolvido, uma paixão que não se evaporou com o tempo e que não foi consumida até o fim.









Eu vi aqui

4 comentários:

Leninha disse...

Oi Bia!!!Tudo bem?Como foi de Páscoa?
Você fala de um amor mal resolvido em relação ao crochê,parece q é mais uma coincidência,pois sempre adorei as toalhinhas q minha mãe e minha avó teciam,as colchas,os caminhos de mesa!!!mas ,infelizmente,não consegui aprender nem as simples trancinhas que elas tentaram,em vão,me ensinar.Hoje,ainda tenho guardadas várias peças feitas por elas,mas desisti de aprender...nào sei sevc tbém tentou aprender,mas senti isto no seu post...bjsss,Leninha.

ADri@n@ disse...

sao lindos....
eu amo croche...

bjao e otima semana.

Feito por Li disse...

TAMBÉM AMO CROCHÊ, ASSUMIDAMENTE!

simplesmente....fascinante disse...

Olá Beatriz.
Também gosto muito do crochê , sua versatilidade é fabulosa. Não sou uma expert, mas consigo fazer umas coisinhas. Lindos trabalhos , principalmente os mais coloridos.
bjão
Mari