segunda-feira, 1 de julho de 2013

Bate, bate coração



Lugar sem comportamento é o coração.
Ando em vias de ser compartilhado.
Ajeito as nuvens no olho.
A luz das horas me desproporciona.
Sou qualquer coisa judiada de ventos.
Meu fanal é um poente com andorinhas.
Desenvolvo meu ser até encostar na pedra
Repousa uma garoa sobre a noite.
Aceito no meu fado o escurecer.
No fim da treva uma coruja entrava.


Manoel de Barros


Eu vi aqui e tem PAP

9 comentários:

✿ chica disse...

Poema lindo e corações igualmente!beijos,chica

Ritinha disse...

Olha isso!
"Oi tum, tum, bate coração, oi tum, coração pode bater... Oi tum, tum, tum, tum, bate coração que eu morro de amor com muito prazer"...
Lembrei dessa música quando vi o que escreveu!!
bjks
Ritinha

Juliana Leal Valera disse...

Lindo!

Sophie disse...

Meine Güte, was für süße und bezaubernde Herzen.
Die sehen so schön aus :-)

lenalima disse...

Lindos corações!
´verdade, o coração não tem comportamento. bj

Nina disse...

Lindo Bea!
Beijos

REINVENTANDO disse...

O coração deveria se comportar melhor!!
Abraços.Sandra

Pano & Cia. disse...

Delicados e romanticos...paxonei!
bjos.
Vera.

simplesmente....fascinante disse...

Bom dia, Beatriz,
Bate, bate, bate coração....coração pode bater...
Lindos!
Que nossa terça seja cheia de amor.
bjão
Mari