sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Bom dia


"Há uma receita perdida que sumiu por entre a trapeira da sua alma, uma receita que resgata os vários sabores adocicados, as ervinhas do jardim, as galinhas poedeiras e ruivas, o leite da cabrinha, o inesperado salgado, aqui, ali, tão obscuro, tão silencioso, uma receita secreta para mim e para você. Há uma receita perdida, meu bem, uma receita tão reservada que quase não existe, mas que está por aí, entre o meu olfato e seu paladar.

Há uma receita em algum lugar, em algum lugar, uma receita que eu nunca vi, que você nunca provou, mas que, ainda assim, é nossa predileta e nós nos lembramos dela, e nós a procuramos tanto, e nós a adivinhamos enquanto fazemos experiências desastradas que acabam em farinha de mais, fermento de menos, muitas gargalhadas, uma ótima forma arruinada. Falamos dela enquanto tomamos fôlego em frases intermináveis, sustenidos impossíveis, ao mencionarmos a casa que nunca teremos, no lugar que não existe, nossas crianças que não nasceram.

Há uma receita perdida em algum lugar. Suas medidas são inexatas, seus ingredientes, inconcebíveis, seu modo de preparo, descabido, seu resultado, glorioso. Ela jamais ficará pronta e nós a provamos, todos os dias".



- Os textos do "Bom Dia" desta semana foram escritos por Fal Azevedo

2 comentários:

✿ chica disse...

Mais um lindo texto pra nos deliciar!

Já me despedindo ,encerrando o ano nos blogs, por um motivo bem legal ( visita do filho ) deixo beijos e agradeço os carinhos em mais esse ano! Até janeiro!
Tuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom! bjs, chica

Isabel (Bekas) disse...

lindo testo e parecem bem apetitosos esses paizinhos doces.