segunda-feira, 27 de maio de 2013

Sobre erros e acertos



A vida não é simples. Nem toda pergunta tem um sim ou não, como resposta. Ao claro não podemos juntar o escuro. Ao frio, o calor. À vida, a morte. Ao erro, o acerto.

Assim, é preciso sempre seguir adiante, arriscar, buscando o que nos falta. Sabendo sempre que se teve um começo, um dia encontraremos o fim.

Nesta busca queremos sempre acertar mais do que errar. Como medir então o nosso desempenho? A ideia da medida está presente e queremos saber os valores de cada ato, o que ganhamos e perdemos no jogo da vida.

Simples de medir, quando falamos em valores monetários. Mas esta não é a única moeda que usamos na vida. Nem tudo o que está ao nosso redor pode ser mensurado assim pois existem ganhos que não podem ser adquiridos com as grandezas com as quais estamos acostumados.

E qualquer que seja a sua medida ela sempre será afetada por algum tipo de erro. Este erro pode ser causado pela nossa incapacidade de usar as medidas corretas, pela nossa falta de cuidado ao observar as causas e consequências de nossos atos, ou porque o destino assim o quis (a tirania do destino – um outro assunto, para um outro dia).


Vivendo e aprendendo a jogar
Vivendo e aprendendo a jogar
Nem sempre ganhando
Nem sempre perdendo
Mas, aprendendo a jogar

8 comentários:

Camila Faria disse...

Sempre aprendendo a jogar! Perfeita a tirinha!

Rovênia disse...

E a gente aprende, aos trancos e barrancos, mas aprendemos! O balanço no final, supera dor, mágoas. Dará positivo e abriremos um sorriso por termos vivido! Beijos! :)

Renata Furlan disse...

Verdade, aprendemos muito mais com os erros... embora nem todos aprendem e continuam errando! bjo e linda semana!

Tina Bau Couto disse...

Adoro essa música :)

E quanto aos erros e acertos são da vida, tds erram e acertam, uns menos uma coisa, mais outra, outros o inverso.

Bom é tentar acertar sempre, reconhecer os erros, aceitar o que não pode ser mudado, não somatizar, ter sempre esperança, boas intenções, bom coração, coragem e fé.

"Fé na vida, fé no homem...nós podemos tudo"

Juliana Leal Valera disse...

Post mais que perfeito e verdadeiro!
Aprender sempre, errando ou acertando!
Beijos

lenalima disse...

Todo ser humano, passa por erros e acertos!...sempre! bjsss

Sophie disse...

Wie wahr.
Im Grunde braucht der Mensch so wenig, um glücklich zu sein.
Und vor allem, jeder hat seine eigene Sicht der Dinge und seine eigene Wahrheit.
Das habe ich schon vor langer Zeit erkannt.
Liebe Grüße und Kuss von Sophie

Pri disse...

É isso aí.
Eu não me arrependo mais hoje do que já me arrependi. Aprendi que tudo teve um motivo e seria uma fútil e ingênua se não tivesse passado por certas coisas. A gente fica mais esperto, mais inteligente pra vida.
Adoro seus posts.
Beijos