terça-feira, 10 de setembro de 2013

Curiosidades


A PRI me escolheu para responder algumas perguntas. Como ela é uma menina lindinha que mora muito longe eu não pude recusar ao seu pedido. 

Vamos lá?
Falar 11 coisas aleatórias sobre mim

- Sou uma autêntica geminiana. Tenho facilidade de comunicação, o raciocínio (se dormi bem) é rápido. Não fico parada em um só projeto e preciso de novidades que despertem o meu interesse.

- Já fui proprietária de um buffet e sou excelente cozinheira. Sempre atendi a clientes corporativos e um dia conto como foi um evento que fiz em Singapura.

- Gosto de animais e já dei muito cachorrinho de presente para as crianças da família (as mães queriam me matar). Não tenho animais em casa porque marido não ia me ajudar com as limpezas.

- Tenho dificuldades para cuidar das minhas plantas e sou uma serial killer do reino vegetal.

- Amo livros, mas leio menos do que gostaria.

- Sempre que escrevo alguma coisa no blog fico surpresa com a reação positiva das pessoas e ainda não me acostumei com isto. Por isto, escrevo pouco.

- Não sou fã de doces. Adoro comer bem, experimentar novos sabores e costumo dizer que minha gordura é de boa qualidade.

- Sou vaidosa e meu cuidado maior é com o meu cabelo.

- Não tive filhos e acredito que não posso sentir falta do que nunca tive. Assim como não posso ser infeliz por não tê-los tendo tantos motivos para ser feliz.

- Sempre gostei de trabalhos manuais mas para costurar eu tenho duas mãos esquerdas. Elas não funcionam.

- Somente escuto música quando estou viajando.

As perguntas da PRI

Como surgiu a ideia de criar seu blog?
Surgiu quando vim para Belo Horizonte e passei a morar em um apartamento muito pequeno. E vi que teria muitas histórias para contar. Assim escrevi quando comecei: Depois de muito sonhar com este dia eu acho que estou pronta para começar este blog..... Há quase um ano um vento de mudança alterou o rumo da minha vida e me levou de volta a lugares já vistos. Foi bom rever estes lugares e os amigos. Maravilhoso ficar mais próximo da família. Mas esta mudança trouxe de presente uma situação inesperada: pela primeira vez eu estava morando em um lugar pequeno. E eu me vi questionando o conceito e significado do que é essencial pois o meu novo espaço não aceitava o desnecessário. E neste blog quero compartilhar com vocês esta experiência enriquecedora. Afinal, menos pode ser mais... Isto eu aprendi, sem sofrimento.


Qual arteirice que te deixou mais orgulhosa?
Criar o blog. Não pensei que seria capaz e fico feliz ao constatar que muita gente gosta de me visitar.


Entre os blogs que você lê, qual o seu preferido?
São tantos e com temas tão variados!!! Mas tenho o Pinterest como inspiração.


Que outro nome pensou em adotar no seu blog e desistiu?
Já nasceu como Moro em um Kinder Ovo. E tem este nome por causa da minha irmã quem um dia me disse “não reclame por morar em um Kinder Ovo porque é ótimo não ter um hall de entrada ou um jardim de inverno ou um lavabo ou espaço gourmet para decorar, limpar, conservar...”


O que você faz quando se sente pouco inspirada para criar?
Ignoro este dia. Tenho que ser transparente e autêntica e não gosto de me sentir obrigada a publicar algum tema que não seja inspirador. Mas, por me sentir comprometida com os que me visitam eu criei o Bom Dia. Assim, sempre encontram um novo post quando chegam e eu realmente acredito que receber um bom dia é o que precisamos para o dia nascer feliz.


A sua família ou amigos acompanham seu blog? O que eles acham dele?
Sim, tenho amigos e família que sempre lêem o meu blog. Mas o marido nunca lê. Ele acredita que o blog é algo muito pessoal e que ele não deve invadir a minha privacidades. São os segredinhos que cada um cultiva e isto mantém o mistério. Eventualmente, se eu ou alguém comenta um texto ele pede para ler.


Quando você começou o seu blog, pensou em desistir por 'falar sozinha' por um tempo?
O meu blog foi criado para mim. Eu senti necessidade de registrar os fatos da minha vida, arquivar o que gosto e nem mesmo sabia como as pessoas chegavam até ele. Com o passar do tempo eu vi que estava me apaixonando por ele e por vocês. Assim, virou fonte de prazer.


Você já teve alguma experiência interessante através do blog, que acreditava que não poderia acontecer no mundo virtual?
Sim, conhecer tantas “almas gêmeas”. Pessoas que falam direto no coração da gente, que nos ensinam e complementam.


Quando você não escreve, você fica com saudade do seu blog?
Tenho saudade de vocês.


Qual era a sua impressão de ter um blog, antes de ter um?
Acho que o blog surgiu quando conheci os primeiros blogs. Talvez, se eu soubesse como era difícil manter um blog eu teria desistido!!!! Ou, se soubesse como são lindas as amizades virtuais eu teria inventado antes...


O blog mudou algo em sua vida? Conte pra nós o quê.
Eu aprendo diariamente nesta troca que aqui acontece.

E eu indico você, para entrar na brincadeira e responder a estas perguntas:



1 - Você sabe onde quer chegar e como quer ir?

2 - O que te fez feliz hoje?

3 - Qual a situação que deixa você sem palavras?

4 - O que você faz nas suas horas de lazer?

5 - Qual a lembrança mais antiga da sua infância?

6 - Você tem medo? Qual o seu medo?

7 - O que deixa você triste?

8 - Tudo o que vai, volta?

9 - É preciso sofrer para amadurecer?

10 - Na vida, qual é a operação matemática mais significativa: somar, subtrair, multiplicar ou dividir?

11 - O que não pode faltar na sua mala de viagem?

Aceitou o meu convite? Respondeu? Deixe um comentário para que possa visitar o seu espaço.

11 comentários:

Tina Bau Couto disse...

AMEI saber mais de vc e amei muito muito muito a imagem, me vi nela :)

Adoro seu blog e te tenho como uma amiga querida.

Anônimo disse...

Amei saber tudo isso,amiga!! Por isto vc faz tantas coisas gostosas!Bjoca e até 4ª-feira!Tânia.

✿ chica disse...

Que legal saber essas peculiaridades tuas. Adorei a do cachorro. Não tens mas sempre davas às crianças,rs beijos,chica

Inaie disse...

cai aqui atraves do blog do Cris...e já chegeui em post explicativo...coisa boa! Agora ja me sinto sua "amiga de infancia"...kkkk

Maria Luiza disse...

Que legal! Conheço-a mais agora! E cozinhas bem pelo jeito! Forte abraço!

Ana Paula disse...

Conhecer um pouquinho mais de você é tão bom!
Temos algumas semelhanças, praticamente gêmeas: também tenho duas mãos esquerda para costura e nenhuma intimidade com o reino vegetal.
Agora cozinhar... sou péssima. E quero muito saber do evento em Singapura.
Beijo!

Rovênia disse...

Me deixou feliz hoje uma notícia que chegou no meio da tarde e ainda não posso anunciar aos quatro ventos! Mas me deixou feliz antes de dormir saber um pouquinho mais sobre vc! É geminiana! Está bem explicadinho por que escreve bem! :) Boa noite!

Pri disse...

Adorei ler isso tudo.
Ri muito com o 'as mães queriam me matar' e a 'serial killer do reino vegetal'.
Acho que não aprendo a comprar. Sou mão de vaca pra roupa, esmalte e maquiagem. Vou tentar, viu!:)
As suas perguntas estão entre as melhores (só pra não ser injusta com as outras, vai).
As perguntas mais difíceis de responder na vida são aquelas mais simples, tipo: Você é feliz?
Mas eu sou, então tudo bem.
Fiquei tocada como as blogueiras se abriram de coração e pude ver além de autoras de blogs.
Eu juro que quando recebi a tag, lembrei daquelas correntes chatas de e-mail e só fiz pra ajudar o blog da moça, que é novo, tal.
Me surpreendi com o poder dos blogs de fato.

Obrigada por participar, Beatriz, me fez ficar mais ainda dentro do seu Kinder Ovo. ♥

Rosa Paula disse...

Eu vim do blog da Pri ver suas respostas. Adoro seu blog e adorei conhecer um pouquinho mais de você. Também assassino as plantinhos sem querer! É bom saber que não sou a única (não para as plantas!).
Beijos,
Rosa
Le Paquet

Jussara Neves Rezende disse...

Coisa boa conheceê-la melhor, Beatriz! Achei interessante vc se descrever como um autêntica geminiana, pois praticamente descreveu minha filha que tb é uma "serial killer do reino vegetal"... hehe. Ela diz que vai planejar seus filhos para não nascerem no signo de gêmeos, pois se sente dividida pelos seus múltiplos interesses... ;)
Quanto ao que vc disse sobre a sua relação com o blog... nossaaa... achei que eu poderia assinar embaixo de tudo, pois me sinto exatamente da mesma forma.
Abração!

Regina Melo-Jocknevich disse...

Infelizmente amiga nao vou aceitar seu convite, mas gostei muito por voce ter aceitado o convite da Pri :)