sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

De bicicleta a bike

Eu não sei andar de bicicleta. As montanhas de Minas não são caminhos suaves para sair por aí, pedalando com o vento no rosto.

Mas as bicicletas evoluíram, estão mais sofisticadas  e possuem melhores recursos para subir ou despencar morro abaixo e hoje o uso da bicicleta como meio de transporte está ficando cada vez mais comum. Existem vários projetos pelo país que procuram estimular o uso de bicicletas embora a convivência com os motorizados nem sempre seja harmoniosa.

Reconheço que os benefícios da atividade contribuem para a qualidade de vida, diminuindo o stress e traz benefícios para o corpo e para a mente. Mas passei da idade para aprender e fico só admirando o que uma bicicleta pode fazer pela decoração de uma casa.






Eu vi aqui, aqui, aqui, aqui e aqui

9 comentários:

Tina Bau Couto disse...

Sempre pedalei e amo!
Atualmente o dia é domingo e marido é o parceiro.
Lindas essas decôs e tantas outras para as paradas e as andantes :)

A Casa Madeira disse...

Olá que belas imagens adoro bicicleta de qualquer jeito ou para decoração ou para passear. Não moro em um kinder ovo mas a minha casinha no sitio chamo-a de ninho pelo tamanho que ela tem mesmo mas adoro.
Aproveito tbm para convidar a conhecer a: acasamadeira.blogspot.com
Abraços

Rovênia disse...

Posso te contar um segredo? Eu não sei nadar... Mas não acho que passamos da idade para nada. Se pudesse, daria um pulinho aí para te ensinar a pedalar e sem o braços no guidão. Liberdade combina com vento, com rodas! Ótimo fim de semana! :)

Ana Paula disse...

Dizem que quem aprende nunca esquece. Bem lá se vão quase quatro décadas...
Enquanto não faço o teste, aprecio especialmente a primeira foto, um encanto!

Juliana Leal Valera disse...

Babei na primeira e na terceira!
Beijos e bom fim de semana
Ju
www.voucontarpravoce.blogspot.com

Pandora disse...

Eu também nunca aprendi a andar de bicicleta, mas queria muito vim a aprender. Sei lá, para mim é sinônimo de liberdade... Mas, admito também dá uma boa peça de decoração.

Bruxa do 203 disse...

Que lindas!!!! Adoooro!!! Confesso que atualmente fico só na ergométrica, sem sair do lugar. rsrsrs

Pri disse...

Beatriz,
eu aprendi e esqueci.
Fui contra aquela lei de que 'é que nem aprender a andar de bicicleta, a gente nunca mais esquece'.
Eu não pratiquei. SP também não é seguro e reconheço que não tive oportunidade no lugar simples onde cresci e muito menos incentivo.
Hoje pratico a corrida e vejo muita gente de bike por onde corro. Nunca senti vontade.
E adoraria ter aquela da primeira imagem pra decorar meu jardim! ♥

Jussara Neves Rezende disse...

Oi, Beatriz, amei o aro transformado em relógio! Muita criatividade, heim?
Eu andei muito de bicicleta na adolescência, mas depois de muitos anos fui andar e parecia uma bêbada... rs. Não é mais pra mim ;)
Abraço!